Faça a diferença…

E ai galera, paz e bem!

Recebi essa mensagem, partilho com vocês.

“Justamente no mundo de hoje nós precisamos fazer a diferença. Nós acreditamos na santidade. Nós acreditamos no poder de realizar esse sonho de Deus e sonho nosso – ‘preparar a vinda do Senhor’. Então, não podemos ter receio de falar de Deus, das coisas de Deus, da aproximação a Deus e da vida de santidade.” (Monsenhor Jonas Abib)

A partir desta palavra do Monsenhor Jonas, ao conceder uma coletiva de impressa por ocasião da celebração dos seus 74 anos de vida, no último dia 21 de dezembro de 2010, quero convidar você a fazer a diferença nesse ‘mundão de meu Deus’.

Viver a santidade nos dias de hoje, diante de uma sociedade tão secularizada é um chamado desafiador que requer muito esforço da nossa parte, muita luta, muita força, força que vem de Deus, mas que precisa ser exercida por nós.

O primeiro passo é acreditar que é possivel viver santamente. Acreditar que a santidade é algo concreto e atingível, conquistável. E isso é verdade. Eu creio! Eu busco.

O segundo é buscá-la, é lutar todos os dias, em todos os instantes, para viver uma vida segundo a vontade de Deus, obedecendo suas ordens, fugindo do pecado. E isto, de fato, só é possível se arregaçarmos as mangas e lutarmos.

Terceiro, devemos ser divulgadores da santidade, alto-falantes da Boa nova, propagadores do Evangelho. Não podemos ter medo de falar de Deus, das coisas de Deus, da vinda de Deus. Além de testemunhar é precisar falar, anunciar.

Vamos nessa!? Você topa!? Nós podemos fazer a diferença!

Deus abençoe.

Cássio Oliveira

Anúncios

Lembre de mim…

Lembre de mim,

Isso mesmo, nao esqueça de mim, essa noite eu cheguei em casa e com uma amiga mexendo em alguns papeis encontrei um trecho de uma musica onde escrevi a cerca de 6 anos atraz onde o titulo é ”Lembre de mim”, eu não sabia na epoca o que realmente significava, mas hoje ao ler esse trecho esquecido em meio a papeis me recordei de alguns fatos.

Deus veio ao mundo e nos salvou em seu sacrificio na cruz, e 2 mil anos depois é lembrado com tanto fervor, o que você anda fazendo? quais são suas atituldes? boas? ruins? você tem sido um bom amigo? um bom filho? Filho de Deus?

Não queiraa ser lembrado como alguem que aprontou, que errou muito, que acabou com a felicidade de alguem…

Queira ser lembrado por seus atos de humildade, de carinho, compreenção de amor ao proximo. É tão dificil hoje em nossa sociedade viver isso, viver o que Cristo nos ensinou.

Ta ai o nosso objetivo, ser santos modernos, ser lembrados como o cara que ajudou um mendigo a se erguer, que com um canto ou palavra, aquele desconhecido se converteu e reconheceu o nosso amado Deus, queira ser lembrado como alguem que entregou sua vida para que o proximo fosse mais amado, como Cristo nos ensinou.

Entao, Topa?????

Trecho dessa canção:

Lembre de mim

Se ouvir uma voz dentro da escuridão

Diminuindo a solidão, lembre de mim

Se o toque de uma mão te conduzir, lembre de mim.

Moverei montanhas para te alcançar

E o mar do tempo pra não te deixar

Quando houver flores no teu jardim

Olhe para luz e Lembre de mim, de mim.

Cássio Oliveira

Canção Nova divulga trechos de show da Banda A.U.B. ”Adoração, Rock e Juventude…”

A TV Canção Nova divulgou nesta segunda-feira (17), no site Youtube, um vídeo com os melhores momentos do show da banda A.U.B. A apresentação do grupo aconteceu na última quarta-feira (12), no Rincão do Meu Senhor, na sede da Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP).

O show da banda foi a atração de abertura do Acampamento Revolução Jesus, que reuniu milhares de jovens durante cinco dias. Durante o evento, o A.U.B. também participou de momentos de adoração, missa e louvor.

Confira o vídeo:

Dois ouvidos….

E ai galera, paz e bem!

Certo dia um amigo que gostava muito de música e freqüentava a paróquia e o grupo de oração perguntou-me: “o que é necessário para entrar no ministério de música?”. Apesar da pouca experiência como ministro de música, a resposta me veio logo à boca. “É preciso ter dois ouvidos: um para a música e outro para Deus.”

Muitas pessoas se admiram com o ministério de música por alguns motivos, tais como o poder que a música tem de envolver os nossos sentimentos e prender a nossa atenção; a beleza dos cânticos e instrumentos; o estar “à frente” diante do grupo de oração; entre outros. E muitas dessas pessoas desejam também fazer parte desse ministério.

O primeiro passo a dar é saber se tenho o “dom”. Pessoas já nascem com ele e durante sua vida o aperfeiçoam, principalmente no que diz respeito ao cantar. É importante verificar se tenho noções de ritmo, melodia, afinação, tanto para cantar quanto para tocar. Nesse caso chamo essas características de ter ouvido para a música.

Como é precioso, e até mesmo necessário, entramos numa escola e poder estudar música, aprender e aperfeiçoar o instrumento, conhecer e aplicar técnicas vocais, etc. Se você tem condições de fazer aula, não perca tempo, invista. Devemos dar o melhor para Deus. Pratique muito, ensaie, amplie o seu repertório, aprenda novas canções, enfim, invista no dom. O dom de Deus cresce em nós à medida que o praticamos.

Até aqui, demos um passo onde descobrimos que somos músicos. No entanto, para sermos ministros precisamos ter ouvido para Deus. Assim como o nosso ouvido precisa estar afinado para a música, como servo de Deus, ele também precisa estar afinado para a voz do Senhor. Servimos ao Rei dos reis e por isso precisamos escutar o que Ele tem para nos dizer, Suas ordens, Seus designos e desejos.

Com ter um ouvido para Deus e aperfeiçoa-lo? Através da oração. Somente com uma continua e crescente vida de oração, somos capazes de nos tornamos íntimos do Senhor, escutar a Sua voz e permitir que Ele nos use de acordo com Sua vontade. Por isso, ao passo que você estuda a música, tenha uma vida de oração.

De músicos o nosso mundo está cheio, homens e mulheres de vozes belíssimas que nos encantam com suas canções, que causam nossa admiração com seu instrumento, mas não preenche nosso coração, pois essa ação somente Deus pode realizar.

A natureza nos deu dois ouvidos, que seja um para a música e outro para Deus. Esse é o ministro de música!

Deus abençoe,

Tamo junto

Emanuel Stênio

Canção Nova – SP

A escola do dia-a-dia…

Outro dia, eu estava na internet, contemplando uma gravura da Família de Nazaré e pensando em Jesus, Maria e José, sobre como é difícil viver o dia-a-dia, como é difícil para nós viver o ordinário, a rotina.

Quando a gente lembra ou lê sobre a vida dos santos ou de grandes nomes da história, por mais completa que seja uma biografia, a gente só consegue enxergar os momentos pontuais da vida da pessoa. Isso acontece também com a própria Família de Nazaré. Só enxergamos os momentos pontuais: a anunciação, o caminho para Belém, a procura por abrigo, o nascimento, a visita dos reis e dos pastores, a fuga para o Egito, a volta para a Judéia, etc. Mas o dia-a-dia, o sol a sol, trabalhando, vivendo cada hora, cada momento, tudo lento, normal, corriqueiro, ordinário, é muito difícil.

Eu acredito que é justamente aí onde se escondem os atos heróicos das pessoas. Muito mais do que naqueles momentos pontuais em que os objetivos, as histórias se concretizaram. Esperar, dia a dia, que os desígnios de Deus se cumprissem naquele menino, que se sabia ser diferente, mas que no dia-a-dia se mostrava tão normal, acredito que não era nada fácil. Viver o corriqueiro é a grande escola de Deus na vida da gente. Nós nos preparamos para viver o extraordinário, não para o ordinário, para o dia-a-dia. Na escola, na sociedade, sempre nos preparam para tirar a nota dez, para passar no vestibular, para passar no concurso, ser o melhor. Sempre momentos pontuais.
Ninguém nos prepara para viver um dia depois do outro, o agora, o hoje. Não somos treinados para os fracassos e sucessos do dia-a-dia, para viver o ordinário da vida. E o pior (ou o melhor) é que Deus se manifesta justamente no ordinário.

Veja lá o exemplo da mulher samaritana (Jo 4, 4-14): Era mais um dia na vida dela. Estava na rotina de pegar água no poço, coisa que ela fazia várias vezes todos os dias. E em uma dessas vezes, naquele dia, que para ela era igual aos outros, Jesus apareceu e mudou toda a vida dela. Era mais um dia para ela, mas era o dia propício para Deus se manifestar.

Ou a gente se prepara para encontrar Deus no ordinário de nossas vidas ou vamos passar o resto da vida esperando o extraordinário acontecer para poder se realizar, se decidir, tomar uma atitude. E isso pode nunca acontecer. Como o extraordinário não é comum e por isso não sabemos quando vai acontecer, pode ser que ele aconteça e a gente não veja, não perceba ou simplesmente não esteja preparado no momento.

O mesmo aconteceu com Moisés (Ex 3, 1-10). Na rotina dele de pastorear o rebanho, no ordinário do dia-a-dia, se deu o extraordinário. Naquele dia, igual aos outros, mais um dia de rotina, ele foi um pouco mais além e encontrou a sarça ardente. Quer dizer… Não foi bem ele que encontrou a sarça ardente, foi ela que quis ser encontrada por ele. É Deus se manifestando no cotidiano. É engraçado como que, ao falar sobre a história de Moisés, a primeira coisa que lembramos é da fuga do Egito, do Mar Vermelho aberto para que o povo passasse a pé enxuto. Normalmente não se fala dos anos e anos em que ele viveu como um simples pastor de ovelhas. Sem saber, estava sendo preparado, na escola do dia-a-dia, para se tornar o pastor do povo de Deus.

Imagine os longos anos que separaram a fuga de Moisés do Egito, depois que matou um soldado, até esse momento de encontrar a sarça ardente e receber revelação da sua missão. Como Deus vai ensinando, vai treinando sem que a gente se dê conta. Para nós é só o dia-a-dia, o ordinário, a rotina… Para Deus, é a nossa escola. Uma escola que nos prepara para aquilo que ele quer de nós e que ainda não fazemos idéia do que seja.

Cássio Oliveira

Os números de 2010 – Obrigado gente pelo apoio… Feliz 2011…

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Este blog é fantástico!.

Números apetitosos

Imagem de destaque

Um Boeing 747-400 transporta 416 passageiros. Este blog foi visitado cerca de 3 mil e 300 vezes em 2010. Ou seja, cerca de 8 747s cheios.

Em 2010, escreveu 59 novo artigo, aumentando o arquivo total do seu blog para 76 artigos. Fez upload de 79 imagens, ocupando um total de 23mb. Isso equivale a cerca de 2 imagens por semana.

O seu dia mais activo do ano foi 21 de julho com 64 visitas. O artigo mais popular desse dia foi Fotos.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram gloriaejosedf.blogspot.com, twitter.com, orkut.com.br, WordPress Dashboard e google.com.br

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por natluz, radio nova aliança df, banda natluz, http://www.gloriaejosedf.blogspot.com e salmistas

Atracções em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

Fotos março, 2010

2

Agradecimento à Rádio Nova Aliança-DF 103.3FM ou 710AM abril, 2010

3

Agenda março, 2010

4

Banda março, 2010

5

A MÚSICA NA MISSA – MOMENTOS DA LITURGIA – PARTE 3 julho, 2010
1 comentário